Logo do Blog - Garotas TodaTeen

25 05/2010

Fala, garota: qual a declaração de amor mais fofa que você já recebeu?

Postado por Redação todateen

Extra on-line: Qual a declaração de amor mais fofa que você já recebeu?

Alguns garotos têm medo de chegar numa menina e se declarar, no entanto existem outros que usam toda a criatividade para arrasar na paquera. As garotas todateen revelam qual foi a declaração mais fofa que já receberam.

“Eu acho que os garotos têm medo de chegar em mim e demonstrar seus sentimentos, mas já recebi vários presentinhos e cartões fofos!”,
Joyce Lima
“Eu estava afim de um cara superfofo, mas nunca imaginei que ele fosse me dar bola. Estava estudando e, de repente, chega na porta da sala um buquê de rosas vermelhas liiindas! Me chamaram e fui pegar as flores. Nem olhei para o rosto do garoto que tinha ido me entregar, mas quando peguei o buquê, vi que era ele! Ali mesmo, na frente de todo mundo, ele disse que o buquê era para a princesa mais linda desse mundo e junto das flores tinha um cartão que dizia: ‘me desculpe pela surpresa, mas se isso não é amor, o que mais pode ser?’. A partir daquele dia ficamos juntos”,
Thalita Rech

 

“Eu já não esperava mais declarações até que, no carnaval deste ano, um amigo (ou melhor, um anjo), junto com os amigos dele, fez um coração na areia com o meu nome dentro. Tudo muito lindo e grande como ele. Confesso que eu fiquei muito, mas muito surpresa com essa atitude. Isso é pra gente ver que as melhores coisas da vida vem sem a gente esperar!”,
Shirley Danielle

“Que eu me lembre, nunca recebi uma declaração fofa… Mas você pode considerar até um simples ‘eu te amo’ como a melhor declaração que já recebeu, pois qualquer coisa que a pessoa amada faça é muito importante em nossa vida”,
Stephanie Stein
“Foi quando eu mudei de colégio. Ganhei uma carta muito linda que falava sobre nossos sonhos e planos e garantia que nada iria mudar em relação ao amor que ele sentia por mim, que, pelo contrário, só iria aumentar. Foi uma carta muito bonita. Fiquei superfeliz”,
Rafaela Letícia
“Estava conversando no MSN com um garoto que tinha ficado comigo. Ele começou a me dizer que
se eu aceitasse namorar, ele me faria a menina mais feliz do mundo, porque eu era ideal pra ele. Disse que largaria tudo pra ficar comigo porque o que ele sentia por mim era tão forte que chegava a ser inexplicável. Fiquei boba, perguntei a mim mesma porque ele gostava tanto de mim sendo que eu não correspondia e, por um instante, me senti flutuando”,
Caroline Miranda
“Um menino da minha rua era apaixonado por mim e vivia me enchendo a paciência. Certo dia, falei que se ele realmente me amava, tinha que provar. Ele concordou. Tinha até me esquecido disso quando comecei a receber cartas com ‘EU TE AMO’. Cheguei a pensar que faltava criatividade para ele escrever outra coisa até que, na última carta, ele disse para eu olhar pela janela da minha casa que dava direto pra rua. Quando eu olho ele estava segurando um buquê de flores e gritando ‘EU TE AMO, EU TE AMO, EU TE AMO…’. Nossa, quando eu saí e olhei para ele todo fofo gritando para mim, comecei a chorar e fui abraçá-lo. Nem me importei com as pessoas que olhavam. Foi um dos momentos mais lindos da minha vida”,
Alline Moschella
“Lembro que estava passando por um momento complicado e liguei pra minha amiga pra desabafar. No meio do meu desabafo, eu ouvi um chiado no telefone… Era ela chorando também, choramos juntas. Foi a primeira vez que uma amiga realmente tomou minha dores, sem precisar dizer nenhuma palavra. Hoje, rimos muito da situação”
Aline Soares
“Foi quando um garoto me mandou uma cesta cheia de bombons com uma cartinha no meio, bem romântica por sinal. Foi muito fofo ele ter tido a coragem de se declarar e ainda mais dessa maneira linda que encontrou. Eu simplesmente não sabia nem como reagir”
Laryssa Mirelly
“Tinha um garoto que eu só conhecia de vista, mas ele era superpopular e lindo demais (eu achava que ele era muita areia para meu caminhãozinho). Na festa de fim de ano (depois de passarmos vários meses trocando olhares e indiretas) eu estava indo para a parte de baixo do salão quando ele começou a me chamar. Olhei para trás e comecei a tremer. Tinha muita gente na escada e ele começou a berrar que me amava e que não aguentava mais esconder isso. Quando ele se aproximou de mim, todo mundo começou a gritar ‘beija, beija’. Achei que era um sonho. Infelizmente, não rolou nada porque eu estava com uma amiga que também era louca por ele e estava quase chorando com a situação”.
Aline Beatriz

 

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.