Papo de BFF

26 09/2014

Tudo sobre menstruação

Postado por: Redação todateen

Por mais que você não queira, você não vai escapar dela: chega uma hora na vida de toda garota que ela aparece uma vez por mês e fica quase uma semana na sua companhia. Ela é chata e incomoda, mas ao mesmo tempo, mostra que você está virando mulher. Já sabe de quem, ou melhor, do que estamos falamos? Acertou quem disse menstruação! Mas será que você sabe tudo sobre o assunto? Para tirar as dúvidas mais frequentes sobre o tema, a tt conversou com a ginecologista Carolina Ambrogini, que falou tudo que você sempre quis saber…

Tudo sobre menstruação

Foto: Thinkstock/Getty Images

O que é menstruação?

É o sangramento mensal resultante da descamação do endométrio, o revestimento interno do útero.

Por que as mulheres menstruam?

Todo mês a mulher se prepara para engravidar e aí ela ovula, ou seja, todo mês acontece a liberação de um óvulo. Se ele não for fecundado (se não encontrar um espermatozóide pelo caminho), 14 dias após essa liberação, acontece o sangramento para que o útero se prepare novamente para um novo ciclo.

P.S: Se o óvulo encontrar um espermatozóide pelo caminho… Depois de nove meses você vê o resultado…

Com que idade, em média, as mulheres menstruam?

Dos nove aos 15 anos é esperado que aconteça o primeiro sangramento menstrual. Em média acontece por volta dos 12 a 13 anos.

O ciclo menstrual normalmente dura quantos dias?

Dura em média 28 dias, mas pode variar de 25 a 45 dias. Estas variações são normais se estiverem todas dentro de um mesmo padrão. O ciclo menstrual é muito sensível. Pode acontecer de a garota ficar estressada ou com algum outro problema de saúde e a menstruação desregular.

Até que idade é normal ficar com a menstruação desregulada?

Em média, após os 15 anos a menstruação se regula. Se isto não acontecer, é interessante procurar um ginecologista para investigar problemas hormonais.

É normal menstruar bastante?

É comum as adolescentes terem um maior fluxo menstrual. Mas se o sangramento for excessivo, do tipo que leva a pessoa à anemia e atrapalha suas atividades do dia a dia, então a garota deve procurar um médico para que ele faça um diagnóstico.

É normal ter um “escape” antes da hora? Aquele sangue meio marrom é normal?

Se a mulher usa pílula é bem comum acontecer isto nas primeiras cartelas. Fora isto, o que é esperado o sangue vir marrom somente nos primeiros e últimos dias do ciclo.

O que é a cólica e por que algumas garotas têm mais e outras menos?

A cólica é uma dor resultante da contração do útero, que expulsa o sangue menstrual. Ela é provocada por uma série de substâncias inflamatórias que o endométrio (revestimento interno do útero) produz. Algumas garotas têm mais e outras menos essas substâncias, e, por isso, ocorre essa variação de intensidade da cólica.

Existe algum alimento que aumenta a cólica? Outro que diminui?

Não, a cólica menstrual não está relacionada a nenhum tipo de alimento.

A alimentação influencia o ciclo menstrual?

O que influencia não são os alimentos e sim o índice de massa corpórea (I.M.C). Se ele for muito baixo ou muito alto, a mulher passa a não ovular, gerando uma irregularidade menstrual, já que a menstruação é resultado direto da ovulação.

Em relação ao absorvente: garotas virgens podem usar absorvente interno?

Podem, sim. Desde que sejam inseridos adequadamente e que sejam modelos próprios para adolescentes, os “teens”, que não causam ruptura do hímem.

Por que as garotas sofrem de TPM –Tensão Pré Menstrual? É normal?

A TPM acontece por conta da “queda” dos hormônios para que aconteça a menstruação. Eles desregulam algumas substâncias no cérebro que regulam o humor. Pode acontecer em intensidade variável de mulher para mulher e piora nos períodos de estresse. Ela é esperada, mas tem tratamento.

Hoje em dia parece que as garotas sofrem mais com o ovário policístico do que antigamente. Isso é verdade? E afinal, o que é ovário policístico?

A síndrome dos ovários policísticos é uma consequência de variações hormonais que impedem a ovulação da mulher. Se ela não ovula, não tem menstruação ou ela vem várias vezes no mês. Talvez a incidência esteja aumentando por conta da obesidade, que é maior hoje em dia e também porque as pessoas têm mais acesso ao médico que diagnostica o problema por meio, principalmente, do histórico da paciente e não por meio do ultrassom.

Consultoria: Dra. Carolina Ambrogini, médica ginecologista, obstetra e sexóloga.

 

Tags: ,

** Já curtiu o Facebook da tt? Corre lá que tá bombando!

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.