Logo do Blog - Sou Assim TodaTeen

08 05/2012

Como escolher uma profissão?

Postado por Melissa Marques

 Meio do ano chegando, e com ele a preparação para uma das fases mais importantes da nossa vida: o vestibular. Mas, peraí! Não tem ideia de qual facul escolher? A tt dá um help com essa indecisão chata!

Se você está no Ensino Médio, deve ter reparado que o assunto vestibular é cada vez mais frequente na escola, né? E se você ainda não chegou nessa fase, provavelmente já enfrentou a pergunta tensa: “E aí, já sabe o que quer fazer da vida?”.

Decidir que carreira seguir em um futuro que parece tão distante é difícil mesmo e ficar confusa é normal. Mas não precisa transformar essa escolha em um monstro de mil opções cabeças.

Vestibular

 

E agora?

 

 Hoje, com inúmeros cursos novos, superespecializados e até meio parecidos – só de exemplo: biologia, biomedicina, biotecnologia, bioquímica… Vixe! – as possibilidades de escolha aumentam muito e é claro que nossa cabeça vira um verdadeiro nó.

E como se não bastasse isso, precisamos escolher a profissão bem cedo, afinal, com 16 anos já dá pra prestar vestibular. E será que alguém sabe com toda a certeza o que quer do futuro nessa idade? Não, né?! Por isso, não fique desesperada se ainda não fez sua opção: ter dúvidas é a coisa mais normal do mundo, principalmente na adolescência e em relação à universidade.

Pra desatar o nó

 

Por mais perdida que você se sinta, é importante ir atrás de uma solução. Preste atenção em seus gostos, características e habilidades, pesquise sobre profissões que despertem o seu interesse e acompanhe o dia a dia de alguém que já atue no mercado.

Esse conhecimento ajuda a guiar seus passos para uma área com a qual você se identifique. Por exemplo, se você desmaia toda a vez que vê sangue, medicina não deve ser bem a sua cara, fala aí!

Outra dica é apostar em uma orientação profissional. Aplicada por um especialista, esse método traz confiança para que você faça suas escolhas sem estresse.

Estudar

 

Chegou a inscrição e… nada?

 

Caso você não tenha noção do que deseja fazer e o vest está batendo na porta, o ideal é esperar. Mas reflita sobre o porquê dessa indecisão toda: medo de errar não pode ter vez, afinal, nada a impede de mudar os planos mais pra frente. 

Sem pressão

 

Para fazer uma boa escolha, esqueça as comparações e avalie o que a fará mais feliz. Não adianta seguir uma profissão só porque está na moda, é fácil ou dá mais dinheiro.

 É melhor perder um tempo maior agora do que quebrar a cabeça no futuro pensando que você poderia ter ido por outro caminho.

Texto e entrevista: Carolina Vieira/colaboradora e Melissa Ladeia Marques
Consultoria: Ana Lúcia Paiga, psicóloga especialista em adolescentes
Foto: Thinkstock/Getty Images

Tags: , , , , ,

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.