Toda Diva

Unhas

28
05/2013

Higiene das unhas: deixe as bactérias longe das suas garras!

Postado por Soraia Alves

Estamos sempre preocupadas com o novo esmalte daquela coleção que a gente ama, e muitas vezes nos esquecemos que as unhas precisam de outros cuidados além estar com uma cor de esmalte legal.

Misturinhas de esmaltes para você inovar na cor!

As unhas mais bizarras das famosas!

Cuidados especiais com os pés!

Quando a unha está um pouco maior é preciso redobrar a higiene. Não é bom estar com a unha bonita por cima e cheia de sujeiras por baixo. Além disso, não cuidar direito das unhas pode causar doenças que as deixam fracas.

Anote as dicas e cuide das suas unhas por completo!

cuidados com as unhas

Foto: Shutterstock Images

– Regra básica: lave muito bem as mãos. Sempre. Assim você não estará cuidando somente da saúde das suas unhas, mas do corpo todo.

Remover as cutículas da forma correta é fundamental. Evite instrumentos cortantes que podem machucar na hora de retirar a cutícula por não estarem em bom estado, por exemplo. E retirar muito da pele também é errado, pois ela tem a finalidade de proteger a unha e evitar o acúmulo de sujeiras e bactérias. “É permitido apenas remover o excesso de pele sobre a meia-lua, mas sempre deixando uma camada fechada entre a unha e o restante da pele”, ensina o dermatologista.

Unhas grandes: coloque um pouco de álcool gel na ponta de um cotonete e passe-o na parte de trás das unhas (naquela parte que não tem esmalte). Aproveite e higienize também a pele que fica nessa região.

A química pode afetar muito as unhas. Por isso o excesso de removedores de esmaltes que contém acetona pode deixar suas unhas bem fracas e quebradiças. Prefira os produtos sem acetona.

Roer as unhas é outro grande mal. Além de deixar a aparência estranha, essa prática prejudica muito a saúde das unhas. Aqui você encontra algumas dicas para conseguir parar de roer as unhas.

– Quando for a uma manicure, confira se o lugar apresenta todos os cuidados necessários com os instrumentos utilizados. É superimportante que tudo seja muito bem esterilizado. Por isso é legal você levar seu próprio kit para a manicure. Repare também se a profissional utiliza luvas e outros materiais descartáveis.

– Se você notar algum tipo de alergias, irritações, micoses ou fungos nas unhas, não espere e vá direto a um médico dermatologista. Ele vai identificar corretamente o problema e passar o tratamento mais adequado.

Consultoria: dermatologista Octávio Moraes Junior

** Já curtiu o Facebook da tt? Corre lá que tá bombando!

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.