Mitos e verdades sobre espinhas: saiba mais sobre o assunto

Será que você sabe tudo sobre acne?

mitos e verdades sobre espinhas
Foto: iStock

A acne é um probleminha que incomoda todo mundo, afinal, qualquer pessoa está sujeita a tê-las. Na adolescência então, nem se fale! Mas existem alguns mitos e verdades sobre espinhas – e nós a ajudamos a descobrir cada um deles.

menina mexendo espinha

Bora descobrir quais são os mitos e verdades sobre espinhas?

Mitos e verdades sobre espinhas:

Acne tem cura

Verdade. Porém, o tratamento é beeem longo e é necessário acompanhamento médico (isso varia muito com cada caso). É preciso paciência mesmo e força de vontade. Vale lembrar que, quanto mais cedo começar, menores as chances de ficarem marcas e manchas.

Muito chocolate aumenta as espinhas

Depende. Segundo especialistas, não existe nenhum estudo que comprove 100% isso, até porque tudo depende do seu organismo. O que vale fazer é ficar de olho se a crise aumenta quando consome muito o doce.

Resultado de imagem para girl chocolate gif

Limpeza de pele ajuda

Verdade. A limpeza mais profunda dá um help na hora de remover cravos e no fechamento dos poros. Mas cuidado aí: pra quem tem espinhas muito inflamadas, esse tratamento nem sempre é indicado.

Tomar sol é bom

Mito. O sol é bom para várias coisas, desde que você esteja usando protetor. Agora, não tem nenhuma comprovação de que a luz solar melhore a acne, muito pelo contrário, ele pode causar manchas caso a espinha esteja infeccionada. Melhor não arriscar, né?

gato tomando sol

Na adolescência é pior

Verdade. Aqui os fatores hormonais influenciam muito e podem contribuir para o aparecimento da acne. O seu ciclo menstrual, inclusive, tem chances de influenciar nessa parte também.

Estresse colabora com o problema

Verdade. Quando o estresse está muito intenso, acaba estimulando a produção de hormônios que contribuem para o aparecimento da acne. Então, vale tirar um tempo da escola e das obrigações para relaxar, tá?

Resultado de imagem para calm down gif

A alimentação pode influenciar no aparecimento das espinhas

Verdade. Apesar de não ter participação na causa da doença, a dieta pode ter influência no grau da acne em algumas pessoas. Se você tem acne, perceba se ela piora quando você ingere alimentos como chocolate, gorduras animais, amendoim e leite e seus derivados. Se sim, é melhor evitar consumi-los, ok?

É mais comum em meninas

Depende. A acne afeta cerca de 80% dos jovens entre 12 e 18 anos, mas é mais comum aparecer nas meninas, com cerca de 14 anos de idade, enquanto que nos meninos a acne começa a aparecer em torno dos 16 anos. As formas mais graves, no entanto, ocorrem preferencialmente nos homens.

Imagem relacionada

Espremer as espinhas pode causar manchas na pele

Depende. O sol pode contribuir para a formação de marcas na pele caso a espinha esteja infeccionada. Por isso, use protetor solar todos os dias. Se elas forem espremidas, a chance das marcas surgirem, é maior.

Procure um especialista

Não é à toa que existem tantos mitos e verdades sobre espinhas, afinal, o assunto gera muito interesse e a gente acaba tendo pressa para acabar com elas. Mas, antes de fazer qualquer coisa na sua pele, aplicar produtos ou tentar se livrar da acne, é importante consultar um profissional.

A dermatologista, por exemplo, poderá indicar qual é o melhor tratamento no seu caso, os produtos ideais e qual o tempo de tratamento. Nada de fazer esse tipo de coisa por contra própria, afinal, você já sabe que é difícil descobrir quais são os mitos e verdades sobre espinhas, né?

Além de saber quais são os mitos e verdades sobre espinhas, tenha sempre alguns produtos baratinhos para cuidar das espinhas:

Consultoria: Thais Carvalho, responsável pela área facial da ONODERA Estética / Carolina Marçon, dermatologista 


Texto: Maria Victória Mazza e Giovanna Castro

Os comentários estão desativados.