Anitta sai em defesa de Ludmilla após caso de racismo: “isso é crime”

Cantoras ainda não fizeram as pazes, mas Anitta não se calou sobre

ataque de racismo contra Ludmilla
Foto: Reprodução/Instagram

O ataque de racismo contra Ludmilla deixou toda a internet indignada após a cantora ser chamada de ‘macaco’ durante o Prêmio Multishow 2019. Alguns artistas já deram a sua opinião sobre isso e, dessa vez foi Anitta usar a sua voz nas redes sociais nessa quinta (31).

As cantoras estão brigadas depois do episódio da música ‘Onda Diferente’, mas Anitta deixou isso de lado e resolveu comentar sobre o ataque de racismo contra Ludmilla. Mesmo sem citar o nome, podemos perceber a ligação: “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”.

Relembre o caso do ataque de racismo contra Ludmilla

A triste situação aconteceu dentro da Jeunesse Arena enquanto Lud recebia o prêmio como vencedora da categoria. No vídeo postado por ela, é possível escutar alguém a chamando de “macaca”.

Não sabemos quem foi a pessoa exatamente. Cara, até quando isso? Olha, as coisas para mim – e acho que para a maioria dos brasileiros – nunca foram fáceis. Com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas. A vontade de me diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da justiça ser lenta aqui e as pessoas praticarem racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar ou que ela está longe disso. Ainda bem que eu tenho um Deus e uma família que não me deixam desmoronar diante dos racistas. A cobrança de vocês uma hora vai chegar”, desabafou a artista sobre a gravação.


 

Os comentários estão desativados.