Ariana Grande fala sobre piada de Pete Davidson com o atentado de Manchester

Cantora foi questionada no Twitter por uma fã e defendeu o noivo

atentado de manchester
Foto: Reprodução/Instagram

O casal apressadinho do momento está em foco novamente, mas agora por causa das piadas de Pete Davidson. O noivo de Ariana Grande, primeiro, irritou os fãs com uma brincadeira sobre as a parte íntima da cantora e agora com outra feita sobre o atentado de Manchester.

O humorista fez uma piada durante um show de stand-up sobre a tragédia que matou 22 pessoas durante o show de Ariana. O comentário que comparava a cantora com Britney Spears foi feito no ano passado, mas o povo não perdoa e reviveu o que foi dito. “Britney Spears não teve um ataque terrorista em um de seus shows”, brincou.

Claro que essa tentativa de tirar risos com o atentado de Manchester deixou os fãs de Ari muito decepcionados. Uma até escreveu um tweet para ela dizendo não entender, porque Ariana ainda estava com Pete. “Eu respeito a Ariana e quero que ela seja feliz e tudo mais, mas ela ficou arrasada após o atentado de Manchester, então eu não sei porque ela ainda está com Pete, tipo, ele fez essa piada há um tempo, mas assim, não é engraçado, é apenas rude. Essa é a minha opinião”, disse.

A cantora respondeu defendendo o noivo e explicou que Pete tenta lidar com as coisas com humor. Já que ele também já perdeu o pai na tragédia de 11 de setembro. “Isso tem sido muito difícil e conflitante no meu coração. Ele usa a comédia para ajudar as pessoas a se sentirem melhor sobre como as coisas são fod**** no mundo. Todos nós lidamos com o trauma de forma diferente. Claro que não achei engraçado. Isso foi há meses e a intenção dele nunca foi e nunca é maldosa, mas foi infeliz“, rebateu a diva

EITA! Será que o amor é cego? Pete Davidson está irritando os fãs da vida ultimamente, mas os dois continuam muito bem juntos e ainda vão morar juntinhos em um apartamento milionário, que você confere a seguir.

Confira a nova casa de Ariana Grande e Pete Davidson, em Nova Iorque: 

Os comentários estão desativados.

Próxima notícia