Bad do fim do namoro: saiba como superar com a ajuda de uma psico!

Bora seguir em frente?

superar bad do fim do namoro
Foto: Getty Images

Ah, a bad do fim do namoro… Quem nunca passou por ela? E, às vezes, não precisa nem ser o fim de um relacionamento sério para nos deixar na bad, um lance sem compromisso tem bastante potencial para desgraçar com a nossa cabeça, hehe. Por isso, conversamos com a psicóloga Ellen Moraes Senra que deu dicas para superar a bad do fim do namoro. Bora seguir em frente?

Giphy

Dicas para superar a bad do fim do namoro

O término

Entender o que levou o relacionamento ao fim pode ajudar a seguir em frente, miga. “Um dos problemas que nos impedem de seguir em frente é a necessidade de entender o que aconteceu. Às vezes, entramos em um espiral de culpa e vamos em busca de algo que possamos ter feito de errado”, explica a psicóloga.

A culpa

Tá batendo uma culpa, aí, miga? Desencana! A verdade é que o relacionamento é feito por duas pessoas, então, os dois têm culpa de o lance não ter dado certo. E a psicóloga Ellen lembra outro ponto importante: “somente se termina uma relação quando há insatisfação de uma parte (ou de ambas), porém, essa insatisfação pode ter a ver com a própria pessoa e não necessariamente com o parceiro”.

“Eu tô ótima”

Só que não. Nas redes sociais e com os amigos, você finge que está tudo certo, que superou. Mas quando está sozinha no seu quarto, é choro que não acaba mais. Isso tem problema? É claro que não! Afinal, cada um lida com a dor do jeito que pode e consegue. “O importante é não mentir para si mesma. Não vale a pena abafar o sofrimento, pois ele pode intensificar com o tempo e não é nada saudável”, aponta a psico.

Giphy

”Será que eu tô sofrendo demais?”

Miga, infelizmente não existe um tempo certo para superar a bad do término. Aqui, vale o famoso “vai no seu tempo”. Mas a psicóloga dá a dica: “quanto menos você tentar fingir que não está na bad, mais rápido irá se sentir melhor e sair dela de vez”.

O tal do amor próprio <3


Não tem jeito: o amor próprio é o seu maior aliado nessas horas. Por isso, aproveite esse tempo sozinha para se conhecer melhor, cuidar de você e se dedicar ao que gosta de fazer. “O amor próprio é importante para entender que outros relacionamentos virão, mas, principalmente, para nos fazer entender que não precisamos de outra pessoa para nos fazer feliz”.

Os comentários estão desativados.