Como fugir dos micos e das situações embaraçosas nas festas de fim de ano

Como fugir dos micos e das situações embaraçosas nas festas de fim de ano

Manual de sobrevivência nas festas de final de ano!

O Natal e o Ano Novo estão chegando e vai rolar aquela ceia (deliciosa) na casa da sua avó! É comum que a família toda se reúna nas festas de final de ano e você encontre aqueles parentes que não vê há um tempão… E é nesses momentos superfamílias que surgem aquelas perguntas ou comentários que a gente queria evitar a todo custo: “tá namorando?” ou “passou de ano?”! Pior ainda é quando você é convidada para ir à casa da sua tia-avó e nem se preocupa com o visu, mas na hora que chega lá, descobre que tem um monte de gatinhos. :O Mas não se desespere: você pode sobreviver às festas de final de ano! A tt dá as dicas!

Perguntas complicadas

Toda família tem aquele “tiozão” engraçado que nas festas de aniversário vira atração e aquela “tia” que quer saber TUDO da sua vida! Nem sempre a gente curte ficar compartilhando todas as coisas que acontecem, mas é inevitável fugir das perguntas. Ser mal educado para responder também não é a melhor opção. A consultora de imagem pessoal e corporativa Marcele Goes deu uma dica de como responder a essas perguntinhas: “vale a pena pensar que para aquela pessoa você ainda não respondeu a pergunta hoje, por isso tenha paciência e seja educada no modo de falar”.

Foto: Thinkstock/Getty Images

Micos

Outra coisa comum nas festas de família é aquela pessoa que acaba bebendo além da conta e paga aquele mico, né? Ou cai da cadeira, começa a cantar ou pior ainda: começa a chorar e a abraçar todo mundo! Baphão!!! Mas o mico também pode ser seu, então para evitar é preciso estar prevenida. Olha só a dica da Marcele:
“Investigue antes com a sua mãe, prima ou tio/tia como será o roteiro das festas: lugar, pessoas convidadas, brincadeiras planejadas. Quanto mais você souber sobre a forma como as coisas vão se desenrolar, mais fácil será evitar um mico com relação às roupas, presentes escolhidos e gafes com parentes”. #ficadica!

Sobrevivência

A festa vai ser tão insuportável assim? Que tal pensar em uma forma de deixá-la mais divertida? Olha o que a Marcele falou para “sobreviver” a esses eventos:
“Não é possível mudar o destino ou companhia do seu Ano Novo? Então pense em formas de deixá-lo mais divertido! Convide alguma amiga que também vai ficar de bobeira para passar com você, procure formas de ficar entretida, seja por um bom livro, filme ou atividade que você goste de fazer e que te deixe relaxada”.

Por isso, girls, é preciso paciência e bom humor para fugir dos micos e sair das “saias justas”. E por fim, vale lembrar que tudo tem um limite: se você estiver passando do seu, é hora de parar!

Texto: Letícia Greco
Consultoria: Marcele Goes – Consultora de imagem pessoal e corporativa
Foto: Thinkstock/GettyImages

Próxima notícia