Corrimento: será que você tem e nem sabe?

É importante ir ao ginecologista com frequência, só assim você vai descobrir se realmente tem corrimento...

Menina com dúvida sobre corrimento vaginal
Foto: Shutterstock Images

O corrimento vaginal ainda é tratado como um assunto tabu. Rola vergonha de falar sobre isso com as amigas ou até mesmo com um ginecologista? Relaxa, é um problema mais comum do que parece!

A gente te conta mais: o corrimento vaginal é uma secreção diferente da lubrificação natural da vagina que não tem cor nem cheiro. Ele vai do amarelo ao esverdeado e pode causar ardência ou coceira. Nunca percebeu esses sinais? Calma, o corrimento só é exteriorizado quando já está grave, ou seja, você não pode pular as idas ao médico, viu?

Segundo o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli, com o exame Papa Nicolau, é possível identificar a causa do corrimento, que pode trazer infecção urinária e inflamação do colo do útero. Eita, o assunto é sério mesmo!

Mas o que provoca o corrimento? Ele pode acontecer por transmissão sexual, por usar banheiro público, por compartilhar roupa íntima e até mesmo pela queda da imunidade da vagina, que inclusive pode ser causada pelo estresse, acredita?


Viu por que é importante ir ao ginecologista com regularidade? Só assim você vai descobrir o diagnóstico correto e, claro, também vai saber qual o tratamento adequado para o seu corrimento!

Infelizmente, o corrimento vaginal ainda é um tabu. Veja essas outras dúvidas sobre vagina respondidas:

Os comentários estão desativados.