Conheça o Creators For Change, um projeto incrível do YouTube

A gente conversou com Murilo Araújo e Nátaly Neri, os embaixadores da iniciativa no Brasil!

creators for change
Foto: Divulgação/Google

Já imaginou o quanto youtubers podem usar seu espaço na internet para falar sobre assuntos mega importantes para a nossa sociedade? É exatamente isso que o projeto Creators For Change propõe.

Vários criadores do mundo todo foram reunidos para promover discussões em torno de problemas sociais, com o objetivo de conscientizar as pessoas e incentivar a tolerância e a empatia. No Brasil, Murilo Araújo (do canal Mundo Pequeno) e Nátaly Neri (do Afros e Afins) são embaixadores dessa iniciativa, produzindo conteúdo sobre a identidade racial e a masculinidade negra.

“É uma iniciativa muito legal do YouTube de impulsionar a voz de criadores que nem sempre alcançam um espaço das formas convencionais, já que nosso conteúdo é mais polêmico, e investir nesses influenciadores que estão produzindo impactos e mudanças na sociedade”, afirmou Murilo. “Contar histórias é algo muito poderoso e que muita gente faz no YouTube. A série que eu fiz me deixa muito feliz, porque ela tem histórias bonitas que podem se conectar com as pessoas. E o resultado disso são os comentários e compartilhamentos. Ver o que estão dizendo sobre o que produzimos já mostra um pouquinho dessas sementes sendo plantadas”, completou.

A gente também falou com a Nátaly, e ela também explicou como o Creators For Change é incrível. “É muito importante dois youtubers brasileiros fazerem parte dessa iniciativa global a favor da diversidade, contra o discurso de ódio, qualquer tipo de racismo, lgbtfobia, xenofobia e todas as outras violências que acabam minando nossa existência hoje. A gente conseguiu tocar em temas fundamentais para os debates que estamos levantando aqui no Brasil com a comunidade negra. E isso só tende a se expandir. Os criadores engajados estão, cada vez mais, abordando assuntos sensíveis, delicados e complexos de uma maneira única, especial e cuidadosa”, disse.

Demais, né?! Ainda não conhece o Creators For Change? Comece assistindo a esse vídeo sobre negritudes brasileiras:


Os comentários estão desativados.

Próxima notícia