Agora é oficial! STF aprovou a criminalização da homofobia e da transfobia

Muito orgulho!

criminalização da homofobia
Foto: Reprodução

YEAH! O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou na última quinta (13), que qualquer tipo de discriminação relacionado a identidade de gênero ou orientação sexual seja considerado crime. Isto é, finalmente está acontecendo no Brasil a criminalização da homofobia e da transfobia.

Por 8 votos a 3, os ministros decidiram que este tipo de conduta passe a ser julgado e punido de acordo com a Lei do Racismo (7716/89). Desta forma, classificadas como um crime hediondo, o agressor poderá receber uma pensa de dois a cinco anos inafiançável.

Quem votou a favor da criminalização da homofobia?

Votaram assim Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Celso de Mello, Edson Fachin, Gilmar Mendes, Luís Barroso, Luiz Fux, e Rosa Weber.

Enquanto, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio argumentaram que isso geraria um novo tipo de crime.

Para quem não sabe, esse é uma grande vitória para a população LGBTQ+. A decisão sobre a criminalização da homofobia deveria acontecer por parte do Congresso Nacional. Contudo, após tramitar durante 18 anos sem resposta, o STF entendeu que estaria ocorrendo uma omissão sobre o tema.

O que são a homofobia e a transfobia?


Homofobia se classifica como um medo, ódio, repugnância e preconceito contra pessoas que nutrem afeto por pessoas do mesmo sexo. Já transfobia é relacionado ao mesmo sentimento só que contra pessoas transexuais.

10 casais LGBT muito fofos para você voltar a acreditar no amor

Os comentários estão desativados.