Demi Lovato conta que nunca perdeu a esperança durante a reabilitação

“Era como ‘Isso é difícil e estou sofrendo com a dor emocional, mas isso não vai me matar. O que vai me matar é se eu continuar a agir assim'" afirmou a cantora

Foto: Gustavo Caballero/Getty Images
Demi Lovato

Foto: Gustavo Caballero/Getty Images

Apesar da fase difícil que enfrentou na reabilitação, Demi Lovato contou em entrevista à revista Nylon que nunca perdeu a esperança em sua recuperação: “Era como ‘Isso é difícil e estou sofrendo com a dor emocional, mas isso não vai me matar. O que vai me matar é se eu continuar a agir assim’. Então decidi enfrentá-los na minha cabeça”.


“Por mais difícil que a vida se torne, eu acredito em Deus e uma das coisas que me mantêm seguindo em frente é que Deus não coloca você em uma situação na qual não pode dar conta” comentou a cantora que revelou ainda que se pressionava muito e esperava ser a pessoa mais jovem a ganhar um Oscar e um Grammy, o que não aconteceu: “E está tudo bem. Mas eu estava tão determinada com tão pouca idade, e isso realmente mexeu comigo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *