Entenda mais sobre a profissão de esteticista!

Massagens, tratamentos... Tudo sobre este emprego!

Mulher fazendo tratamento facial
Foto: Shutterstock Images

Pode reparar: as clínicas de estética não param de crescer no Brasil, porque nosso povo é supervaidoso. Por isso, ser esteticista é uma boa se você curte esse ramo da beleza, bem-estar e afins!

gif de gato massageando cachorro

Os estudos

Pensa em um curso cheio de disciplinas práticas… É o de estética. Todas as aulas são muito dinâmicas e nelas você aprende processos de cuidados com beleza e bem-estar, que vão desde o rosto, até o corpo. “Aprendemos a fazer hidratação, limpeza de pele, peelings, massagem antiestresse, celulite, flacidez, rejuvenescimento e rugas, acne inflamatória e muito mais”, conta Mônica Aureliano, estudante de Estética no Senac Itaquera de São Paulo.

mulher fazendo tratamento facial

Foto: Shutterstock Images

Mão na massa

Ser esteticista é muito mais do que só passar cremes. Além de todos os tratamentos corporais e faciais, você também pode ajudar o cliente com orientações, “tanto na parte de hábitos de vida mais saudável, quanto de cosméticos a serem utilizados no dia a dia”, afirma Márcia Catalano, professora do Senac. Ou seja, essa profissão cuida da saúde da pele e do corpo em geral, “voltado para o bem-estar físico, estético e mental das pessoas”, fala Mônica.

SAIBA MAIS

Tudo sobre a profissão de escritora

A profissão de cada signo

Entenda como é a vida de blogueira

Onde trabalhar

Tem muito lugar para esteticista colocar a profissão em prática: desde clínicas, salões de beleza, empresas de cosméticos, hotéis, spas, cruzeiros marítimos e até abrir seu próprio negócio. “Você consegue atuar nas mais diversas áreas, inclusive auxiliando profissionais de cirurgias plásticas, contribuindo para um melhor resultado pós-cirúrgico”, explica a estudante. O legal é conhecer todas as técnicas para depois escolher como prefere trabalhar.

Mercado de trabalho

A profissão de esteticista cresce a cada dia, afinal, segundo a professora, o Brasil é o terceiro país que mais procura esse tipo de serviço no mundo, ficando atrás só do Japão e dos Estados Unidos. “A perspectiva é de crescimento, até porque, estamos ficando cada vez mais velhos e por mais tempo. Então, a procura por tratamentos que proporcionam beleza continua aumentando”, conta Márcia.

gif de gato massageando cachorro

Com carinho

Ser esteticista exige que você fique sempre atenta às novidades do mercado, novas técnicas e, também, o relacionamento pessoal, para saber se comunicar bem com os clientes. “Você precisa ter percepção das pessoas, compreender que são seres humanos com suas particularidades e necessidades. Hoje, uma esteticista precisa cuidar do rosto e do corpo, mas também entender a alma das pessoas. O cliente não é só o lucro, ele requer carinho, cuidado e respeito”, fala Mônica.


Texto: Ana Castilho/colaboradora

Os comentários estão desativados.