Entrevista exclusiva: Cassandra Clare, autora da saga “Os Intrumentos Mortais”

A autora afirmou: "Existem coisas estranhíssimas na internet!". Confira o que levou Cassandra a falar isso!

Cassandra Clare
Cassandra Clare Foto: Divulgação
Cassandra Clare

Cassandra Clare Foto: Divulgação

Conversamos com Cassandra Clare, durante sua passagem pelo Brasil para a Bienal do Livro de São Paulo. A autora da saga de sucesso “Os Instrumentos Mortais“, lançada no Brasil pela Editora Record, falou sobre a importância da literatura fantástica na vida das pessoas, livros para jovens adultos, fanfics, e muito mais!

Confira abaixo a entrevista exclusiva:

CURIOSIDADES SOBRE A AUTORA

– Escreve cerca de 3.000 palavras por dia, para manter a mente ‘funcionando’: “Às vezes eu escrevo isso rapidamente, em uma hora ou duas. Às vezes fico o dia todo tentando”.

Viajava muito durante a infância, e nos contou como isso ajudou a criar suas histórias: “Me fez perceber  o quanto o mundo é grande. Me deu perspectiva”.

É judia e sempre foi interessada em outras religiões. “Sempre estudei sobre mitologia e sempre fui interessada em saber como você pode encontrar a mesma ‘história’ em diferentes religiões, contadas de diferentes formas”.

 – Não acreditava que o filme seria adaptado para o cinema: “Muitos livros tentam ‘virar’ filme, mas a maioria não sai do projeto. Eu estava em casa quando recebi uma ligação dizendo que tinha um ‘sinal verde’ para produzir o filme. Era 3h da manhã quando me deram a notícia e eu disse ‘Sério, que ótimo!’ e voltei a dormir. Quando acordei, pensei: ‘Isso realmente aconteceu?’

 – Uma de suas melhores amigas é a também autora Holly Black. Elas se conhecem há 14 anos! “Nós sempre fomos parceiras de críticas. Sempre lemos os livros uma da outra. E nós sempre tivemos vontade de escrever algo juntas!”.

– O livro favorito de Cassandra é “O Senhor dos Anéis“.


– A autora favorita dela é Jane Austen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próxima notícia