Espinha interna: como cuidar e evitar que elas apareçam

A gente te ajuda a resolver esse problema!

Como lidar com espinha interna
Foto: iStock

Ter espinhas já é algo péssimo, mas pior ainda é quando surge uma espinha interna, que causa uma espécie de “galo” na nossa pele, fica dolorida e é quase impossível de se livrar dela. Mas calma: conversamos com a dermatologista Íris Flório, que tirou todas as nossas dúvidas sobre como cuidar e evitar a espinha interna.

Imagem relacionada

Por que algumas espinhas são internas?

“As espinhas internas são lesões mais profundas da pele que inflamam e produzem sebo em seu interior.”, explica a Dra. Íris. Ou seja, por acontecerem em camadas mais profundas da pele, não vemos a inflamação em sua superfície, que é o que acontece com as espinhas normais, que ficam avermelhadas e apresentam ponto de pus.

Como evitar espinhas internas?

Os cuidados para evitar espinha interna são os mesmos das espinhas normais. “É importante lavar o rosto todos os dias, retirando as impurezas. Escolha junto com o seu dermatologista qual o produto adequado para o seu tipo de pele, assim você evita que ela fique oleosa. Evite alimentos gordurosos e passe protetor solar.”, lembra a médica.

Resultado de imagem para gif girl skin care

Como remover espinha interna?


A especialista explica que “quando mais leves, elas podem ser tratadas com antibióticos tópicos ou somente com adaptação dos cosméticos certos”. Vale lembrar que de modo algum devemos espremê-las, já que esse ato pode causar ainda mais dor e quase não há chances de que ela realmente amenize. Procure um dermatologista, ele te indicará o procedimento adequado para o seu caso.

Aproveite e confira essas dicas de cuidado com a pele para evitar espinha interna e normal:

Os comentários estão desativados.