Connect with us

Comportamento

Midria, autora de “A Menina que Nasceu sem Cor”, fala sobre ações antirracistas para incorporar no cotidiano

Published

on

Midria, autora de "A Menina que Nasceu sem Cor", fala sobre ações antirracistas para incorporar no cotidiano
Foto do livro: divulgação, arte: Rawpixel

Este domingo (21) é o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em memória ao massacre que ocorreu em 1960 no bairro de Sharpeville, localizado na cidade sul-africana de Johanesburgo. Em 21 de março daquele ano, um grupo de cidadãos negros protestou pacificamente contra a Lei do Passe. Essa norma obrigava todas as pessoas negras do país a carregarem um caderno para que brancos escrevessem e checassem quais lugares eles estavam autorizados de ir. A polícia da África do Sul usou rajadas de metralhadora para finalizar o protesto, resultando na morte de 69 pessoas e cerca de 180 com ferimentos.

Durante o mês de junho de 2020, o Movimento Vidas Negras Importam (ou Black Lives Matter, em inglês) ganhou ainda mais potência em todo o mundo. Em diversos países a indignação era grande diante de tantas mortes de pessoas negras vítimas de agressão policial causadas por racismo. Muitas pessoas são lembradas pelo movimento, mas é possível dizer que o estopim foi o assassinato George Floyd, visto que sua morte por asfixia em maio foi filmada e divulgada em diversos meios de comunicação em todo o globo.

A luta contra a descriminação é constante, mas, neste 21 de março, a todateen gostaria de aproveitar a data para enfatizar a reflexão sobre o tema, por meio de ações importantes na incorporação do antirracismo no cotidiano. Para isso, entrevistamos a escritora Midria (@iamidria), autora do livro “A Menina que Nasceu sem Cor”, disponível em versões infantil e adulta. A poetisa paulistana é estudante de Ciências Sociais na Universidade de São Paulo, slammaster do Slam USPerifa, membra do Coletivo Sarau do Vale e podcaster no “Curas Pretas”. Seus livros foram produzidos de modo independente e publicados pela Editora Grandir. A todateen teve contato com os livros e indica a leitura!

“No livro trago vários poemas além do que intitula o livro e eles refletem gênero, raça, classe, direito à cidade, entre outros temas. Acredito que ‘A Menina que Nasceu sem Cor’ seja o retrato das complexidades que constroem uma mulher negra. Compreendendo as dores e as potências, partindo do meu lugar de mulher negra de pele clara que enfrenta múltiplos processos a partir dessa condição. Muitas experiências diversas estão sendo partilhadas ali e a ideia é que o maior número de pessoas possa se sensibilizar com questões que eu e tantas outras mulheres negras, especialmente as que partem das periferias urbanas, enfrentam cotidianamente. Além de outras mulheres e jovens negras com vivências parecidas se verem e lembrarem que estamos juntas nessas escrevivências”, diz Midria.

Para a artista, a poesia é uma forma de luta pela eliminação da discriminação racial. “O racismo nasce de um pensamento, uma ideia que desencadeia todo um processo de violências e desigualdades. Essa perspectiva está na estrutura da sociedade que vivemos hoje porque foi assimilada culturalmente. A cultura se constrói e se reconstrói constantemente e movimentos artísticos têm uma importância essencial nisso. Acho que podemos pensar os saraus e slams que constroem a literatura marginal-periférica aqui no Brasil hoje, um pouco como os hippies da década de 70. Estamos forçando o debate sobre questões raciais, colocando a necessidade de repensar práticas e reparar os danos sofridos. Uma forma super interessante disso se dar é nas escolas, com competições de poesia falada como o Slam Interescolar. São crianças e adolescentes que compreendem desde cedo como a discriminação racial (e todas outras) não tem lugar em um futuro justo, diverso e potente como slam pede”.

Midria listou em nossa entrevista uma série de ações antirracistas que gostaria de compartilhar com quem também acredita na luta por um mundo sem discriminação racial. Confira:

1 – Se desprenda da perspectiva universalista

Sabe aquela história de “Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil em 1500”? É um típico exemplo de narrativa única que ignora as demais. Antes da colonização e escravidão impostas por países europeus, indígenas, negras e negros já tinham uma história e sociedades desenvolvidas dentro de suas próprias cosmovisões, com outras noções de temporalidade e organização. Vale conhecer mais sobre o antigo Kemet (conhecido hoje como Egito) e outras grandes civilizações africanas, por exemplo. Foque na pluriversalidade, busque outras fontes de estudo para além das eurocentradas, se desprender dessa história já contada é um passo essencial.

2 – Escute, leia, assista e divulgue as obras intelectuais e artísticas de pessoas negras e indígenas

Uma das melhores formas de se aliar a uma perspectiva antirracista é manter a própria escuta aberta, de modo a se disponibilizar para aprender com essa vasta intelectualidade que, por tanto tempo, foi silenciada e apagada.

3 – Perceba seus privilégios

Enquanto pessoa branca, note seus privilégios na sociedade, tome ações práticas para aproximar mais pessoas negras e indígenas dos espaços que você tem acesso por conta disso. O campo do trabalho é um ótimo exemplo, mas você pode pensar na realidade escolar, cursos extracurriculares, projetos sociais.

4 – Lute pela permanência de pessoas negras e indígenas 

Em espaços que conviva com pessoas negras e indígenas, busque entender as demandas e ajude a implementar medidas que visem a permanência dessas pessoas no espaço.

5 – Não reduza uma existência à identidade racial

Não “simplifique” a individualidade de pessoas negras e indígenas que te rodeiam às suas identidades raciais. Somos plurais, potentes e nossas histórias e legados enquanto populações começaram antes do racismo.

6 – Amplie seu conhecimento

Busque conhecer teorias e materiais que coloquem pessoas negras e indígenas em lugares de agência como, por exemplo, o afrofuturismo e o futurismo indígena. Movimentos que têm como foco pensar outras possibilidades de existência para esses grupos, reconectando nossas histórias a saberes e legados ancestrais para projetar futuros outros que transcendem o racismo.

7 – Procure o trabalho de mulheres negras, indígenas, cis e trans

Conheça especialmente o trabalho de mulheres negras e indígenas cis e trans que têm atuado em diversos campos, do pensamento intelectual, passando pela arte, até a política. Deixo como sugestões: Morena Mariah, Katiúscia Ribeiro, Aza Njeri, Nataly Neri, Kaê Guajajara, Sonia Guajajara, Katú Mirim, Brisa Flow, Érica Malunguinho, Luz Ribeiro, Érika Hilton, Ellen Valias, Karina Vieira e Gabi Oliveira do “Afetos Podcast’, Flavia Oliveira e Bela Reis do podcast “Angu de Grilo”, o portal do Geledés – Instituto da Mulher Negra e a lista continua!

Um documentário maravilhoso é o “Orí” baseado na obra da pesquisadora Beatriz Nascimento, onde ela reflete sobre a importância de quilombos no passado e na contemporaneidade.

O que esperar de Midria no futuro?

Apesar de ainda não ter uma data exata de lançamento, a escritora já planeja um novo livro: “Quero muito escrever um trabalho que retrate a potência e multiplicidade de mulheres negras. Reverberar uma escrita que traga cura e nos fortifique para seguir nossas lutas cotidianas. Também quero me aventurar mais no audiovisual, desdobrar o show poético do livro em um registro, além de experimentar outras áreas. Quem sabe a moda? Pretas galácticas estão ai para voar :)”.

Compre os livros de Midria

A escritora possui em seu site um espaço para venda de vários itens, incluindo as versões infantil e adulta do livro “A Menina que Nasceu sem Cor”.

Para adquirir, basta acessar: www.midria.com.br

Comportamento

Horóscopo de 19 a 25 de abril: energia de Touro e mudanças nas fases da Lua pedem atenção ao futuro

Published

on

Horóscopo de 19 a 25 de abril: energia de Touro e mudanças nas fases da Lua pedem atenção ao futuro
Rawpixel

“Que tal depositar as melhores sementes no melhor e mais fértil solo?”, começa a astróloga Virginia Gaia sobre o astral da semana. Os próximos dias serão focados na energia de Touro, em meio a uma mudança de fases da Lua.

Antes da gente detalhar o astral dos próximos dias, sabia que você pode compreender as informações do céu e horóscopo semanal com maior propriedade se fizer seu mapa astral? É só clicar aqui e seguir o passo a passo gratuito da nossa bruxona, Virginia Gaia!

+Horóscopo de abril: Lua Nova e Plutão trazem energias para revelação da sua verdadeira essência

“O Sol ingressa no signo de Touro na tarde desta segunda-feira (19), assim como o planeta Mercúrio e pouco antes de a Lua chegar à fase Crescente, na madrugada para a terça-feira (21). Trata-se do aprofundamento da Lunação (ciclo entre Sol e Lua) iniciado no domingo (11) quando a Lua Nova em Áries aconteceu em conjunção a Baten Kaitos, a estrela Zeta da Constelação de Cetus, fazendo emergir situações submersas nos mares do inconsciente. Então, agora é hora de sedimentar aquilo que tem consistência, mesmo que precisemos, para isso, driblar obstáculos emocionais. Apoie-se em quem faz realmente sentido na sua vida e siga em frente!”, explica a bruxona.

O planeta Vênus também está em Touro, o que favorece as relações e parcerias de longo prazo. Ao longo da semana, o planeta dos relacionamentos e Mercúrio se aproximam do inovador planeta Urano, que também está no signo de Touro. “Essa tripla conjunção traz, no coletivo, a oportunidade para uma grande virada de mentalidade no âmbito econômico, uma vez que o trio em Touro ficará também em tensão com Saturno, em Aquário. Mas para além das finanças, traz também um novo olhar para os temas femininos e até o papel da mulher na sociedade. É hora de nos desprendermos de preconceitos e ideias ultrapassadas para encarar a feminilidade e até a beleza de outra forma”, afirma Gaia.

Na quinta-feira (22), Júpiter, em Aquário, e Marte, deixa o signo de Gêmeos e ingressa em Câncer, deixando o astral mais sensível e cheio de emoções. “A semana é agitada e promete muitas reviravoltas. Em meio a tudo isso, o importante é ter foco e pavimentar o chão para dar passos mais seguros e confortáveis em direção ao futuro!”, finaliza.

Confira as previsões astrológicas do seu signo entre 19 e 25 de abril!

áries

Com a sua energia renovada, é hora de cultivar a autoestima, ariano. Evite exposição e até discussões desnecessárias. É hora de focar naquilo que é essencial, sempre priorizando o seu bem estar emocional. Seja espontâneo, mas não exagerado.

touro

O Sol ingressa no seu signo, taurino! É hora de celebrar a chegada do seu aniversário da melhor maneira. Dê atenção à sua família e cuide da sua intimidade. Aproveite também para cuidar de você com mais capricho!

gêmeos

Mantenha a calma, geminiano. Antes de sair por aí fazendo muitas coisas, procure ter clareza mental. Preserve a sua saúde psíquica. Aliás, o momento é excelente para meditar. Invista em leituras que ajudem no seu bem estar.

câncer

As emoções estão à flor da pele, canceriano. Cuidado então para não descontar essa ansiedade buscando por itens materiais sem necessidade. Esteja atento às amizades verdadeiras e saiba separá-las de quem é passageiro.

leão

Você está mais popular e magnético, leonino. Então é hora de aproveitar essa energia toda ao seu favor. Mostre os seus talentos e a criatividade para crescer na carreira. Só tenha cuidado para conter a agitação interna.

virgem

Honre os seus valores e invista em conhecimento, virginiano. Aliás, a reflexão e a intuição estão andando lado a lado nesta semana. Cuide da espiritualidade e preste atenção nos seus sonhos.

libra

É hora de prestar atenção na suas relações e valorizar as pessoas certas, libriano. Divida com os outros o que é importante e também invista em parcerias e projetos de longo prazo.

escorpião

Os seus relacionamentos estão agitados, escorpiano. Por isso, é importante que você saiba investir no longo prazo. Na sua carreira, é hora de trabalhar em parceria, sabendo cultivar a relação com figuras de autoridade. Honre deus valores.

sagitário

Organize-se para poder fazer tudo do jeito que você gosta, sagitariano. Aproveite para aplicar no dia a dia os seus conhecimentos e tenha foco no aprendizado.

capricórnio

A semana pede mais criatividade, capricorniano. Saiba inovar e fazer diferente. A sua sexualidade também merece atenção. Separe um tempo para estimular suas fantasias.

aquário

Com muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, você está com a mente super agitada, aquariano. Mantenha a calma e organize a sua rotina, sem deixar de contemplar um tempo para a família.

peixes

Busque organizar a sua agenda de contatos para ter uma semana produtiva, pisciano. Cuide também da sua saúde para poder ter mais energia e disposição sem se deixar consumir por emoções fortes.

Quer saber mais sobre conteúdos bruxões de magia & astrologia? Acompanhe a bruxona da todateen, a astróloga Virginia Gaia!

Instagram: @virginiagaia

Facebook: @virginiagaiaoficial

Site Oficial: virginiagaia.com.br

Mapa Astral Grátis: virginiagaia.com.br/mapa-astral-gratuito/

Continue Reading

Celebs

Elenco de “Sombra e Ossos” comenta sobre personagens e revela curiosidades sobre as gravações

Published

on

Exclusiva: elenco de "Sombra e Ossos" comenta sobre personagens e revelam curiosidades sobre as gravações
Divulgação/Netflix | Arte: Laura Ferrazzano

É oficial: faltam quatro dias para o lançamento da série Sombra e Ossos na Netflix. Para quem não sabe, a série é ambientada em um mundo dilacerado pela guerra, onde uma humilde cartógrafa chamada Alina Starkov (Jessie Mei Li) acidentalmente libera um poder extraordinário que pode ajudar a salvar sua terra e libertar seu país.

Se você não está familiarizado com a trilogia e com o universo Grisha, vale ressaltar que a série é baseada nos livros da autora Leigh Bardugo, a trilogia de aventura e fantasia Shadow and Bone. No entanto, como já pudemos ver pelo trailer, a produção – que tem Eric Heisserer, o escritor do filme de ficção científica A Chegada, como produtor executivo e showrunner – combinará a trilogia com outra série de Bardugo, a duologia Six of Crows.

+ Cantinho Literário Todateen: indicações imperdíveis para o mês de abril

Os episódios darão conta de conectar os acontecimentos de Shadow and Bone com a atmosfera e personagens de Six of Crows, criando novas motivações e plots emocionantes. Em entrevista exclusiva, a todateen conversou com os atores que dão vida aos três personagens principais e integrantes da gangue dos Crows: Freddy Carter (Kaz Brekker), Amita Suman (Inej Ghafa), Kit Young (Jesper Fahey).

Exclusiva: elenco de "Sombra e Ossos" comenta sobre personagens e revelam curiosidades sobre as gravações

Divulgação/Netflix | Arte: Laura Ferrazzano

“Estamos muito ansiosos para a estreia.”, contou Freddy. “A gente terminou as gravações, que aconteceram em Budapeste, no final de 2019! Era uma época totalmente diferente pré-coronavírus, enfim. Estamos muito animados para ver como o público vai receber.”.

“A pressão é alta.”, comentou Amita. As os livros do Grishaverse de Bardugo, que tiveram mais de 2,5 milhões de cópias vendidas apenas na língua inglesa, já foram traduzidos – até o momento! – para 38 idiomas em todo o mundo. “Quando eu consegui o papel o meu perfil do Twitter deu uma surtada [risos]! E quando o elenco foi divulgado pela mídia, sentimos muito o amor de toda a comunidade bookstan, disse a atriz.

+ Protagonismo feminino: 5 seriados da Netflix para maratonar

Kit também falou que sentiu que precisava entregar um bom trabalho. “Como são muitos fãs, muitas opiniões e todo mundo na internet é muito passional, sempre dá aquele medo de decepcionar. É muita responsabilidade dar voz à esses personagens tão queridos. Trabalhamos duro para entregar tudo o que os fãs esperam.”.

Exclusiva: elenco de "Sombra e Ossos" comenta sobre personagens e revelam curiosidades sobre as gravações

Divulgação/Netflix | Arte: Laura Ferrazzano

No bate-papo, os três revelaram que leram todos os livros (mais de uma vez!) e que as obras eram até mesmo utilizadas no set de gravações como referência e objeto de estudo. “O que eu mais gosto no Kaz é a sua lealdade com as pessoas que ele ama e quer proteger. Às vezes ele é cruel demais [risos], mas ele é um cara muito leal – e isso é algo que eu admiro muito.”, disse Freddy quando questionado sobre sua parte favorita de seu personagem.

“Eu gosto de tudo o que a Inej representa. Toda a força feminina que ela traz para a narrativa. É uma assassina com uma consciência.”, disse Amita. Kit, ao falar sobre Jesper, comentou sobre as decisões por vezes imprudentes do personagem.“Eu acredito que tomo melhores decisões que o Jesper [risos]. Mas, em contrapartida, acho que o Jesper é uma pessoa muito mais descarragada, muito mais livre que eu. Admiro muito isso nele. Além dele ser o mais engraçado de todos, claro [risos]!”

Frases favoritas de seus personagens:

Freddy Carter: “Kaz brekker não precisava de um motivo.”.

Amita Suman: “Eu gosto quando os homens imploram. Mas esse não é momento.”.

Kit Young: “Não. Não só garotas.”

Exclusiva: elenco de "Sombra e Ossos" comenta sobre personagens e revelam curiosidades sobre as gravações

Divulgação/Netflix | Arte: Laura Ferrazzano

A série é cheia de acrobacias e cenas de luta e ação. Amita, que protagoniza (como uma expert!) alguns desses tempos de tela, revelou que levou para casa até uma cicatriz da Inej. “Foi incrível viver aquilo, eu até tive algumas aulas. Tenho até hoje uma cicatriz no dedo que consegui durante o treinamento. Mas o resultado final ficou demais. Nossa equipe de dublês também era maravilhosa!”.

+ 7 títulos com personagens trans para assistir na Netflix

O cast, que foi pensado para ser diverso e representativo, conta com nomes como Ben Barnes (que dá vida ao Darkling/General Kirigan), famoso por seu papel como Príncipe Caspian em As Crônicas de Nárnia e Logan, na série da HBO, WestWorld. Kit comentou que foi surreal trabalhar ao lado de “tanta gente incrível”. Freddy também contou que “a cena em que Kaz e o Darkling se encontram face a face é de arrepiar”. Amita revelou que, para ela, foi um sonho. “Eu estava entre pessoas que eu sempre admirei. E trabalhar com a Jessie [Mei Li]! Para mim foi muito fácil vê-la como a Santa Alina. Ela realmente é uma santa. Uma pessoa maravilhosa.”, contou.

Se nós, fãs, amaríamos levar algumas lembrancinhas do set, acredite, eles também! “Eu tenho todas as facas da Inej”, contou Amita – revelando que teve 14 facas em seu figurino em quase todas as cenas. Kit e Freddy também levaram para casa os adereços icônicos: as pistolas de Jesper e a bengala clássica de corvo do Kaz.

Exclusiva: elenco de "Sombra e Ossos" comenta sobre personagens e revelam curiosidades sobre as gravações

Divulgação/Netflix | Arte: Laura Ferrazzano

E porque amamos um pouco de polêmica, quando questionados se eram Time Darklina ou Time Malina, a resposta foi unânime: “Obviamente que somos Time Malina! Não é possível gente! Acho que quando todo mundo assistir a série vão perceber que não dá pra ter outra opção! O outro cara é um sociopata! [risos].”, descontraiu Kit.

Ao final, os três agradeceram todo o amor que receberam dos fãs, especialmente dos brasileiros. “Muito obrigada por todo o suporte, desde antes da série! Espero que vocês curtam muito assistir!”, finalizou Kit.

A produção original da Netflix estreia na próxima sexta-feira, 23 de abril.

Não vai perder, né?

Continue Reading

Comportamento

Touro: saiba mais sobre o signo mais sofisticado do zodíaco

Published

on

Touro: saiba mais sobre o signo mais sofisticado do zodíaco
Ricardo Archilha/Rawpixel

O sol está brilhando para vocês, taurinas e taurinos! Nesta segunda-feira, 19 de abril, o sol entra em Touro e uma fase mais brilhante ilumina os dias de quem nasceu entre este dia e 20 de maio. Lembrando que a data varia alguns dias a cada ano, então, para confirmar se você é mesmo taurino, faça seu mapa astral! Aproveite e confira todos os planetas que formam o seu mapa, porque mesmo não tendo sol em Touro, o signo pode influenciar bastante a sua personalidade.

Regido por Vênus, o planeta dos relacionamentos, e membro do grupo de signos de Terra, se este signo possui forte influência no seu mapa, com certeza o hedonismo é algo forte para você. Isso significa que os bens materiais são importantes, assim como o conforto, que vem em primeiro lugar.

Teste: adivinhe o signo destas celebridades
+ 12 tweets que devem ter sido escritos por pessoas do signo de Touro
+ 10 coisas sobre o signo de Touro

Quer saber mais sobre esse signo? Então se prepare, porque separamos todos os motivos para que você finalmente entenda: não há ninguém mais refinada que a taurina!

roteiro de novela

De acordo com a mitologia grega, a constelação de Touro possui uma origem que, na nossa opinião, renderia um roteiro completo de telenovela. O mito afirma que a filha do rei da Fenícia, a jovem Europa, encantou Zeus. Para se aproximar da amada e não ser reconhecido pela esposa, Hera, o deus dos deuses se transformou em um touro branco com chifres e cascos de prata. A narrativa conta que Europa montou no Touro e os dois cavalgaram até a Ilha de Creta, onde ocorreu um romance e o nascimento do filho do casal, Minos.

Como presente do pai, ele teria ganhado não só a ilha, como também uma energia de prosperidade em toda a terra, que ficou repleta de touros. Quando cresceu, Minos se uniu à Pasifae, filha de Hélio, deus do Sol, e acabou se tornando muito ambicioso, por isso, fez um pacto com Poseidon para ficar ainda mais rico. Com a dívida do deus dos mares paga, Minos deveria cumprir sua parte do combinado e dar a ele seu melhor touro. Entretanto, o filho de Zeus não quis se desfazer de nada precioso, dando em troca um touro qualquer.

Quando Poseidon percebeu que tinha sido enganado, chamou a deusa do amor, Vênus, que implantou no coração de Pasifae um amor alucinante por um touro. Incapaz de conter seu desejo, ela se aproximou da criatura amada, e dessa união, nasceu Minotauro, um homem com cabeça de touro.

Diante da vergonha do que ocorreu, Minos mandou construir um labirinto de onde não seria possível sair, e lá, encarcerou o monstro. Para alimentar o monstro, Minos invadiu Atenas e fez todos os cidadãos seus escravos. A cada sete dias, sete meninos e sete meninas virgens eram enviados para serem a refeição de Minotauro.

Inconformado, o filho do Rei de Atenas, Teseu, juntou-se a um grupo de jovens. Com o auxílio de um novelo de lã especial, presente da amada Ariadne, ele matou o Minotauro e retornou em segurança do labirinto. O monstro, por sua vez, teve sua parte humana deixada na Terra, enquanto a parte animal subiu aos céus e se tornou a constelação de Touro.

fortes emoções

Como deu para perceber pelo mito, a história de Touro traz emoções potentes, de paixão e traição, e o signo não sente com menos intensidade. Claro que o estereótipo da paixão avassaladora fica fora do grupo de Terra, mas este signo é regido justamente pelo planeta dos relacionamentos. Sendo assim, taurinos e taurinas possuem um toque de romantismo predominante do cotidiano.

sofisticação

Outro ponto da narrativa é a presença de um apego material predominante, mas, isso não precisa ser uma característica negativa. Touro é conhecido por seu olhar perspicaz para a estética dentro do zodíaco, e com o devido equilíbrio, gostar do que é bonito e ter apego pelo bem estar não é ruim.

estabilidade

Como acabamos de mencionar, Touro faz jus ao seu posto entre os signos de Terra e gosta da zona de conforto. Estabilidade e conforto são palavras chave para esse signo, que gostar estar em família e curtir com equilíbrio.

o estereótipo da comida

Não é um mito, Touro tem uma ligação muito forte com a comida, e não é qualquer comida! Conhecidos pelo jeito gourmet, taurinos sabem reconhecer um bom prato, e podem até mandar muito bem na cozinha. Afinal, eles sabem ser chiques 😉 .

Continue Reading
Advertisement
Combinação de Nomes

Todos os nomes possuem significados e juntos formam uma combinação única!

Digite nos campos abaixo e descubra nos mínimos detalhes.

 
Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

Mais Lidos