Quando é paquera e quando é assédio, entenda!

Situações reais que você já passou, miga!

Paquera ou assédio
Foto: princigalli/GettyImages

Miga, está na hora de entender melhor esse assunto de paquera ou assédio. Será que você sabe identificar se as pessoas que chegam em você estão mesmo te respeitando? Reunimos várias situs que você com certeza já enfrentou e vamos ajudar a lidar com elas. Vem com a gente!

Saber diferenciar paquera de assédio é essencial para a sua proteção, miga. Muitas vezes, um boy ou girl vai chegar em você de uma forma que te deixará desconfortável – e o problema não está em você. Tem jeito certo SIM  de demonstrar interesse e você precisa saber quais são OK e quais não são. E claro, como reagir caso a pessoa não esteja agindo de forma legal. Bora entender?

Um amigo costuma me abraçar forte e parece estar a fim de mim, mas fico incomodada. É assédio ou paquera?

via GIPHY

Miga, se está te incomodando é um alerta de que pode ser assédio. Será que você deu mesmo essa liberdade pra ele ou ele está tentando se aproveitar do abraço? Muitas girls enfrentam situações assim e pensam “ah, é só um abraço”. Mas é importante entender que se não é confortável pra você, não precisa acontecer. Que tal se afastar do abraço ou mandar a real pra ele? O que vale é o seu bem-estar!

Sair com a pessoa e no primeiro encontro ela querer me beijar. É paquera ou assédio?

Paquera! Isso é supernormal e se os dois estiverem a fim, pode rolar. Independente do tempo que vocês se conhecem, a vontade pode bater e se quiser, beija mesmo! O que não vale é beijo forçado ou sem vontade, hein?! Desencana dessa de que não pode beijar no primeiro encontro, se estiver querendo pode demonstrar e até tomar a iniciativa. É só lembrar de respeitar a vontade da pessoa e as suas também, combinado?

Me chamam de gostosa na rua quando estou andando. É paquera ou assédio?

via GIPHY

Assédio, miga. Essa abordagem é intimidadora e te causa mal-estar, não é? A pessoa que grita isso está expondo as vontades dela sem saber das suas, ao contrário da paquera, que leva tempo: a pessoa conversa, se apresenta e não diz coisas que a sua avó não poderia ouvir, por exemplo. Nesse caso, você não conhece a pessoa e não está interessada, certo? É assédio porque só atende às vontades da pessoa – não as suas.

Ele/Ela chega querendo me beijar na festa. É paquera ou assédio?

Depende da abordagem, miga. Em festas, as pessoas não costumam tirar muito tempo para a conversa – às vezes está barulho demais ou só querem uns beijinhos e tchau. O problema é quando o beijo é forçado, sem ter perguntado para você se você queria, ou até mesmo a insistência depois de você ter falado não.

Não importa se tiver rolado olhares, perguntar para você se você quer mesmo é essencial. Se rolar pressão, pegada no braço, mão em lugares que você não quer, insistência indesejada, assuntos que você não se sente confortável, ele/ela continuar te seguindo ou rodeando… Qualquer um desses fatores é sinal de assédio! Procure ajuda de alguém e se afaste.

Nós conversamos muito por mensagem e a pessoa fica insistindo pra gente sair. É paquera ou assédio?

via GIPHY

Depende de você. Caso você esteja a fim, mas ainda não aceitou porque está com vergonha, a paquera é saudável e a pessoa não quer desistir. Se quer mesmo, explique os motivos de não terem saído ainda. Às vezes é difícil combinar horários e dias, mesmo. Agora, se você disse que é só amizade e ele/ela continua insistindo é assédio. Caso confie na pessoa, abra o jogo e diga que não vai rolar nada e que está incomodada. No contrário, se afaste e, caso se sinta desconfortável, bloqueie e procure ajuda de outras girls.

Eu já falei não e ele continua insistindo. É paquera ou assédio?

Tudo que vem depois do não é assédio. A pessoa que chega em você de forma agressiva ou não aceita um não como resposta está assediando você. Isso não tem relação com a sua roupa ou comportamento, está relacionado apenas à própria pessoa. Independente de onde esteja, não faça nada que não queira, tá? Procure ajuda, caso se sinta ameaçada, e se afaste da pessoa.

Tá, mas e em outras situs… Como diferenciar?

via GIPHY

A paquera leva tempo, então essa é a primeira característica que você pode usar para diferenciar. Se a pessoa chega em você dizendo coisas que te deixam desconfortável ou tenta arrancar logo um beijo, é sinal de assédio. Não é errado se interessar por uma pessoa e tentar algo com ela. Mas não é legal quando não estamos interessadas e alguém chega de um jeito tão direto e intimidador, né?


Diferente do assédio, a paquera tem um interesse em conhecer a pessoa – mesmo que por poucas palavras. Ela serve para que duas pessoas se conheçam e se queiram ao mesmo tempo, enquanto o assédio é a vontade apenas de um.

Os comentários estão desativados.

Próxima notícia