Penn Badgley fala sobre Joe, de You: “Estamos destinados a nos identificar com ele”

Muso sensato, sim!

Penn Badgley fala sobre Joe
Foto: Divulgação/Netflix

Olha nosso crush, Penn, mais uma vez sendo um muso sensato! Penn Badgley fala sobre Joe, seu personagem na série You e deixa claro, mais uma vez, sua visão sobre as atitudes do stalker e como pode ser perigosa a exposição excessiva na internet.

Através do Twitter, Penn já havia mostrado preocupação com a forma com que alguns fãs da série estavam enxergando Joe. Muitas pessoas disseram estar apaixonadas pelo protagonista, então, o ator respondeu alguns tweets, como esse:

“Okay, @PennBadgley era sexy como Dan, mas Joe é um outro nível”, disse a fã. “… de problemas, certo?!, respondeu o ator. Para quem não lembra, Penn interpretou Dan em Gossip Girl.

Penn Badgley fala sobre Joe

Mas esse assunto foi além do Twitter. No programa de tevê TV “Today”, que foi ao ar ontem (23), Penn Badgley fala sobre Joe. de You com mais detalhes e revela sua visão sobre o personagem: ““A intenção é despertar reações conflitantes. Não o vejo como o retrato de uma pessoa normal, vejo ele como uma representação de uma parte de nós que se identifica com ele. Aquela parte que é um troll, que culpa a vítima, que é privilegiada e cega. Estamos destinados a nos identificar com ele”

“Você descobre as verdadeiras intenções dele muito cedo, tipo em uns oito minutos da série. Ele é capaz de stalkear e de assassinar. Ele é um cara capaz de muita manipulação e abuso. É essa coisa realmente interessante, você está vendo a trajetória de uma alma, de um homem que é completamente obsessivo e compulsivo, e acreditando que ele está agindo na lógica de um verdadeiro romântico”, alertou Penn.


Finalizando, o ator comenta sobre a construção de Joe: “Eu acho que o que ele faz é pegar os sentidos figurados do que nós vemos em comédias românticas, filmes e séries… e os subverter totalmente por segui-los à risca… A questão toda é que Joe não é um gênio. Ele é, na verdade, extremamente mediano – em alguns pontos”.

Os comentários estão desativados.