Fale conosco

O que vc está procurando?

TodaTeen

Entretenimento

Resenha: “Soul” propõe reflexão sobre clássico lema da Disney e propósitos na vida

Resenha: “Soul” propõe reflexões sobre clássico lema da Disney e propósitos na vida
Resenha: “Soul” propõe reflexões sobre clássico lema da Disney e propósitos na vida

Em pleno Natal, o serviço de streaming Disney+ nos presenteia nesta sexta-feira (25) com um filme novinho em seu catálogo. Estamos falando de Soul, uma animação produzida pela Pixar Animation Studios que entrou na lista dos longas com estreias adiadas por conta da Covid-19. 

Porém, toda a espera valeu a pena. Ao dar o play nessa história, é impossível não sentir a vibe de outros filmes da Pixar que tanto amamos, como Divertida Mente (2015) e Viva – A Vida É uma Festa (2017). Tanto no lançamento de 2020, quanto nas produções listadas, vemos desde o início que a trama vai além da perspectiva divertida, já que também traz um lado mais reflexivo para a narrativa. 

Em Soul, acompanhamos a vida de Joe Gardner, um professor de música do ensino médio que sempre sonhou em ser um músico de jazz. Quando ele finalmente tem uma chance de participar de uma apresentação grandiosa como pianista, um acidente faz com que sua alma seja separada de seu corpo e transportada para um “novo espaço”. 

Resenha: “Soul” propõe reflexões sobre clássico lema da Disney e propósitos na vida

Divulgação/ Disney+

A partir deste momento, todas as aventuras do personagem se resumem a uma tentativa de retornar ao próprio corpo para conseguir viver seu sonho. Contudo, com o desenvolvimento dos acontecimentos do filme, uma sequência de questionamentos vão se formando nas mentes dos personagens – e, claro, nas nossas também! 

Mas qual seria o sentido desse sonho? Qual propósito eu tenho com o sonho? Até onde a ambição pode te levar para alcançar um sonho? Sonhar é o único ato que deve te guiar na vida? E qual o sentido da vida? Apesar das animações trazerem uma proposta voltada ao público infantil, é possível assistir o longa a partir dessa visão mais reflexiva e se questionar sobre dúvidas que, com certeza, já passaram na cabeça de muitos adultos. 

Por isso, Soul faz com que o clássico lema de Walt Disney passe por uma problematização. “Se você pode sonhar, você pode realizar” acaba se tornando muito raso diante de tantos momentos complexos que passamos na vida. Para além do ato de alcançar seus sonhos, a jornada de Joe nos instiga a tentar entender tais complexidades. Tudo isso com um objetivo: ter uma jornada em busca de uma vida mais realizada e que não despreze a importância de detalhes pequenos do nosso dia a dia. 

Toda essa reflexão ainda está ambientada em uma estética muito especial. Com cores marcantes, a animação foi utilizada a favor da história para diferenciação de alguns espaços. E, para além dos efeitos especiais que tentam se aproximar do caráter mais humano, o filme também traz uma animação abstrata para integrar certos personagens, o que complementa perfeitamente a proposta do longa. 

Resenha: “Soul” propõe reflexões sobre clássico lema da Disney e propósitos na vida

Divulgação/ Disney+

Com metáforas e brincadeiras sobre a formação da nossa personalidade, um destaque ao poder da música na vida de uma pessoa e muito mais, prepare-se para se emocionar, refletir, rir e aprender muito com a trajetória dos personagens de Soul. Confira o trailer do filme abaixo: 

Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.