Taylor Swift depõe sobre assédio que sofreu durante Meet & Greet
Foto: Getty Images

Taylor Swift é inocentada de acusação de DJ, diz site

DJ pedia indenização de 3 milhões de dólares para a cantora

Taylor Swift foi depor esta semana sobre o caso de assédio sexual que sofreu durante um Meet&Greet em 2013. Ela acusa o DJ e radialista David Mueller de ter apalpado seu bumbum por debaixo de seu vestido.

Porém, Mueller sempre negou o ocorrido e acusou Taylor de ser a responsável por sua demissão da rádio Kygo, onde trabalhava na época, e também arruinar sua reputação. Por isso, ele estava pedindo uma indenização de 3 milhões de dólares.

Ainda de acordo com com a cantora, no momento de tirarem uma foto, David a tocou de forma íntima e sem seu consentimento, o que caracteriza o assédio sexual.

Taylor Swift depõe sobre assédio que sofreu durante Meet & Greet

FOTO: Reprodução / TMZ

Mas, de acordo com o Buzzfeed News, o juiz William J. Martinzes, inocentou Taylor desta acusação nesta sexta-feira (11/08). De acordo com ele, o DJ não tinha provas o suficiente para manter esta acusação.

Ainda segundo a publicação, depois do veredito, Taylor abraçpu seu advogado e também seu irmão, que a acompanhavam na audiência.

 Quando questionada sobre o motivo de não ter reportado o assédio ao seu segurança, Taylor disse: “Isso não era algo que eu quisesse que soubessem. Assim que eu não tinha mais nenhum fã por perto, eu reportei o ocorrido. Foi um ato cruel e calculado”.
Mas ainda não acabou: ainda teremos mais novidades, pois o julgamento de assédio vai começar na próxima segunda (14/08).
Próxima notícia