Fale conosco

O que vc está procurando?

Comportamento

Bridgerton: 5 lições valiosas que aprendemos com a série da Netflix

Conversamos com a psicanalista Ana Lisboa sobre ensinamentos importantes da série da Netflix

Bridgerton: 5 lições valiosas que aprendemos com a série
Bridgerton: 5 lições valiosas que aprendemos com a série - Foto: Divulgação/Netflix

sucesso da série “Bridgerton” continua em destaque com a chegada da segunda parte da 3ª temporada exibida pelo streaming da Netflix. Nos novos episódios, que chegaram nesta quinta-feira (13), a estrela é Penelope Featherington (Nicola Coughlan). Quem acompanha a trama desde o início sabe que agora, a personagem aparece esbanjando autoconfiança em uma transformação de visual e evolução da personagem como um todo.

Porém, a história não fomenta só romances e figurinos esbanjando cores e glamour. Ela traz lições que aprendemos para a vida real, de uma forma leve e extrovertida. É isso que a psicanalista e terapeuta sistêmica Ana Lisboa nos ajudou a listar em cinco grandes ensinamentos do enredo. Vamos lá!

Não se compare!

Foi perceptível algumas mudanças de Penelope ao longo dos capítulos, se comparado às temporadas anteriores. A personagem, desde o início, tem destaque por sua timidez. Apaixonada por livros e nos bailes da cidade, passava praticamente despercebida, aos cantos dos grandes salões, sem atrair olhares para um possível casamento. E é claro que isso estava inteiramente relacionado a vida que ela leva desde a primeira temporada. 

“A Penelope sempre viveu em um ambiente que moldou a sua personalidade e ela passou a acreditar nisso, principalmente, por ser vista ‘fora dos padrões visuais’ do que outras mulheres naquela época. Além de apresentar fortíssimos problemas com a sua mãe, que a comparava com suas irmãs, com suas amigas, a deixando sempre para baixo”, destaca a psicanalista. Apesar disso, nesta terceira temporada, a personagem evolui, em diversos aspectos e surpreende por sua postura clara de auto aceitação, principalmente, no último capítulo da primeira parte.

Use suas melhores roupas

É comum deixar aquela roupa especial guardada somente para certos momentos. A psicanalista lembra que em “Bridgerton” todos os dias parecem especiais em bailes, encontros ou em um simples passeio no parque. Todos os personagens estão incrivelmente vestidos e Ana reforça a importância disso em todos os momentos de nossa vida. “Usar nossas melhores roupas precisam sempre estar no checklist semanal. Isso mostra o nosso valor, nos representa, e nos sentimos melhor por isso. Penelope, nesta terceira temporada muda o seu visual, de cores, modelos e até de cabelo, e não esconde essa mudança em nenhum momento”, comenta a terapeuta.

Descubra o seu hobbie!

A personagem, por mais tímida e retraída que seja, ao mesmo tempo, esconde um grande segredo de ser a mente por trás de Lady Whistledown, uma colunista “fofoqueira” da cidade. Penelope consegue impressionar a todos da série com sua escrita impecável e fofocas exclusivas em cada folhetim publicado. As temporadas também giram em torno na descoberta de quem poderia ser essa tal de Lady. Então, por Penelope sempre passar despercebida, esses palpites nunca foram voltados a ela.

“Quando movemos o corpo para alguma ação, esporte ou hobbie no geral, automaticamente estamos movendo nossa mente. Fazendo um bem a nós mesmos. Claro que Penelope, sendo a Lady, também tem suas peculiaridades e mentiras durante a trama, mas a mensagem é muita clara: tenha sempre um hobbie, um caminho para completar o seu dia”, comenta Ana Lisboa.

Aprenda a dançar sozinha

Para não perder nenhuma música. Penelope viveu sua vida, nas duas primeiras temporadas, sozinha. Contando com a amizade de Eloise Bridgerton, mas sem nenhum grande amor. Nesta terceira temporada, ela retorna empenhada a encontrar um parceiro. Protagoniza momentos engraçados em busca desse par ideal, mas no final – da primeira parte – fica muito claro quem é seu verdadeiro amor: Colin Bridgerton (Luke Newton). Ele inclusive, no início desta temporada, ajuda Penelope a ser mais ‘sedutora’ com os homens e tenta auxiliá-la nessa missão.

“Não tente procurar nos outros o que muitas vezes você já tem em si mesma. Na hora certa, alguém vai entrar no seu ritmo e dançar a música com você”, completa a psicanalista.

Mais notícias para você

Entretenimento

Reality show americano mistura "BBB" com "De Férias com o Ex"

Entretenimento

Sexto álbum do boygroup chega na manhã da próxima segunda-feira (15)

Horóscopo

Confira o que os astros reservaram para você!

Entretenimento

Cantora foi sincerona durante bate-papo com a rapper Lee Youngji