Fale conosco

O que vc está procurando?

Busca

Entretenimento

Percy Jackson e os Olimpianos: todas as diferenças entre série e livro (até agora)

Novo capítulo da série chegou nesta quarta-feira (3)

Percy Jackson e os Olimpianos: todas as diferenças entre série e livro (até agora)
Percy Jackson e os Olimpianos: todas as diferenças entre série e livro (até agora) - Foto: Divulgação/Disney+

Nesta quarta-feira (3), chegou o quarto episódio da nova adaptação de “Percy Jackson” no catálogo da Disney+! Nós obviamente já maratonamos tudinho e viemos te falar todas as mudanças que percebemos entre a nova série e os livros escritos por Rick Riordan. Vem com a gente!

Sra. Dodds

Logo no primeiro episódios, damos de cara com a Sra. Dodds atazanando nosso querido Percy fora do Metropolitan Museum. Antes disso, vemos ele ganhando a caneta de Quíron, ainda durante a excursão. Porém, nos livros isso foi levemente diferente!

Na história original, a Sra. Dodds leva o Percy para longe dos seus colegas de classe em uma super briga. É só então que Quíron joga a caneta para Percy. Nos livros, essa batalha entre os dois é a primeira grande briga da série.

O cão infernal

Mais um momento diferente entre livro e série aconteceu no segundo episódio da série, quando vemos a famosa cena do pique-bandeira no Acampamento Meio-Sangue. Lá, vemos Percy sendo encurralado por Clarisse e o chalé de Ares. Então, após ganhar o jogo, Annabeth joga Percy na água, como forma de fazer que Poseidon o reivindicasse como seu filho.

No livro, o tom dessa cena é bem diferente! Isso porque, por mais que Percy seja reivindicado por Poseidon após ganhar o pique-bandeira, todos os campistas se ajoelham e se curvam a ele por ele ser filho de um dos Três Grandes Deuses. Mas então uma grande reviravolta aconteceu: um Hellhound (ou um cão infernal) aparece e faz com que os campistas, assim como o próprio Percy, comece a questionar a segurança do Acampamento Meio-Sangue.

Retrato da Medusa

Por fim, temos uma das maiores diferenças da série até agora, que vimos no terceiro episódio. No filme, a batalha do trio contra a monstra arrancou risadas e certamente fez história. Isso porque o filho de Poseidon matou Medusa ao fazer com que ela visse o seu reflexo na parte de trás de um iPod. É mole?

Porém, com uma adaptação baseada na visão do autor, tivemos uma grande mudança no momento. Na série, vemos uma cena com menos ação (e momento icônicos como o do iPod). Porém, ao mesmo tempo, vemos um show de genialidade de Percy Jackson com o boné da invisibilidade, enquanto a manipulação de Medusa está muito mais sutil.

Rick Riordan e a produtora Rebecca Riordan chegaram a comentar sobre a mudança. “A única razão pela qual Medusa não é mais desenvolvida nos livros é que era a narrativa de Percy, e não temos a perspectiva dela”, comentou Rebecca.

“Quando era um menino de 12 anos em 2005, não acho que ele tivesse capacidade para desconstruir o patriarcado”, acrescentou Rick. 

Mais notícias para você

Entretenimento

O cantor se apresenta em São Paulo e no Rio de Janeiro em setembro

Entretenimento

A premiação está chegando e esse é o seu sinal para reunir os seus amigos

Entretenimento

Expusemos as contas secretas das suas celebridades favoritas

Beleza

Te explicamos todos os detalhes da progressiva sem formol