Fale conosco

O que vc está procurando?

Busca

Comportamento

Terminou o namoro? A gente te ajuda a superar!

Trouxemos dicas para você seguir em frente depois de terminar o seu relacionamento

Terminou o namoro? A gente te ajuda a superar!
Terminou o namoro? A gente te ajuda a superar! - Foto: Shutterstock

Términos de namoro são processos de luto com uma ampla gama de emoções, como vergonha, rejeição, culpa, raiva e tristeza. E muitas vezes o que vem a seguir – recuperar-se do fim do relacionamento – é ainda mais difícil. Para complicar, a situação pode envolver questões logísticas importantes, como lidar com os filhos e as finanças, além de todos os sentimentos

Embora os términos sejam difíceis, é possível passar por essa fase de forma menos traumática. Então, conversamos com o psicólogo Filipe Colombini, CEO da Equipe AT, que nos deu dicas de como seguir em frente depois de terminar um namoro! Vamos lá.

Cuide de você mesmo

Quando alguém está imerso em sentimentos de dor e desespero, não pensa com clareza e deixa de priorizar o bem-estar. Mas é neste momento que é ainda mais importante cuidar de si mesmo. Afinal, rompimentos podem causar insônia e comprometer o sistema imunológico. “É altamente recomendável que a pessoa mantenha sua rotina de exercícios, durma bem, faça uma dieta saudável e tenha uma vida social com conexões positivas”, diz Colombini.

Cerque-se de pessoas que você ama

Contar com uma rede de apoio é fundamental após o término de uma relação. “É difícil se reconstruir na solidão e vale a pena contar com o apoio de amigos e familiares, que vão acolher a ajudar sem julgamentos”, diz o especialista. “Isso faz com que o término não tenha um peso tão grande e que a pessoa enfrente esse período de luto com menos sofrimento”, conclui.

Procure terapia

Ter a ajuda de um psicólogo na fase pós término pode ser de grande valia, já que o profissional ajuda a pessoa a lidar com os sentimentos dolorosos do fim do namoro, mas não só: também auxilia no entendimento dos motivadores do término da relação e o que se pode fazer com eles (uma vez que um novo relacionamento terá início em algum momento da vida). “Se o casal tiver filhos, a terapia também é muito importante para eles, afinal, sentimentos de abandono e confusão podem surgir com a separação dos pais”, diz Colombini.

Faça um diário

“Escrever os pensamentos e sentimentos em um diário é uma excelente prática terapêutica. Permite que  aquele que escreve libere suas emoções, ganhe clareza e reflita sobre suas experiências, o que pode ajudar a processar melhor o fim do relacionamento”, diz o psicólogo.

Evite manter contato com o ex

Minimizar ou interromper o contato com o ex-parceiro (a) é fundamental para criar distância emocional e permitir espaço para cura. “O contato contínuo pode prolongar o apego, tornando mais difícil seguir em frente e encontrar um encerramento para a história”, diz Colombini.

Mais notícias para você

Entretenimento

O cantor se apresenta em São Paulo e no Rio de Janeiro em setembro

Entretenimento

A premiação está chegando e esse é o seu sinal para reunir os seus amigos

Entretenimento

Expusemos as contas secretas das suas celebridades favoritas

Beleza

Te explicamos todos os detalhes da progressiva sem formol