Fale conosco

O que vc está procurando?

TodaTeen

Entretenimento

“Todas as Garotas em Mim”: Gabi Borges, Luan Argollo e Júlia Zimmer falam sobre a carreira artística nas telinhas

Crédito: Instagram/@gabiborgesoficial @juliazimmer_ @argolloluan

Quem aí sonha em seguir carreira nas artes cênicas? Por mais que seja uma profissão super desafiadora, não dá para desistir dos sonhos. Sendo uma área que você sente uma conexão desde criança ou até mais velha, quando a gente sente que é o que gostamos de fazer, não tem dúvidas. Quem sabe muito bem disso são os atores Luan Argollo, Gabi Borges e Júlia Zimmer.

Integrantes do elenco da série teen “Todas as Garotas em Mim”, os atores conversaram com a todateen sobre seguir a carreira no mundo artístico. Vale mencionar que a trama do projeto acompanha uma influenciadora digital, interpretada pela Mharessa, enfrentando dilemas da vida. Além disso, o enredo mescla cenas na atualidade com acontecimentos bíblicos.

Crédito: Instagram/@juliazimmer_/@argolloluan

Vem conferir!

Contem pra gente de onde começou esse contato e paixão pela arte?

Julia: Sou ligada as artes desde pequena. Tudo começou pela música, eu sempre amei cantar. Cantava no corredor do meu condomínio, na sacada do apartamento, fazia filmes caseiros com minhas primas… minha infância foi muito lúdica e artística. A atuação aconteceu naturalmente, foram ciclos, e um caminhar muito feliz, sempre fazendo o que eu amo. No começo de 2019, com 17 anos recém completados, me vi na grande questão da escolha da faculdade que eu gostaria de cursar. E eu realmente não me via cursando medicina, ou direito, ou qualquer coisa que não fosse algo ligado as artes ou a música.

Luan: Foi de cara. Quando fiz minha primeira aula de teatro, já no Rio de Janeiro, falei: “É isso”. Lembro de falar pra minha mãe quando ela veio me visitar “Mãe, vou respirar arte”. As aulas de filosofia foram cruciais para olhar a arte com sensibilidade, entender mais da história e o papel da arte na sociedade. Ter visto muitos jovens artistas cheios de talentos me fez querer aprender mais, focar nos estudos e na minha verdade para agarrar as oportunidades que são bem concorridas, sem perder minha essência.

Gabi: Acho que minha paixão pela arte veio desde bebê, minha mãe conta que eu sempre fui extremamente sensível com filmes e músicas de uma forma até preocupante pra os adultos que não me conheciam. Uma vez ela colocou o DVD da Xuxa pra tocar durante um aniversário e quando chegou na música dos “5 patinhos” eu comecei a chorar tanto que deixei os adultos completamente desorientados sem entender o que estava acontecendo. Eu assistia todos os filmes da Disney praticamente o dia inteirinho, colocava eles em replay e chorava como se eu nunca tivesse visto aquele filme.

Como tem sido a interação com o público nas redes sociais?

Julia: Tem sido muito bom. Antes do lançamento da série existia a expectativa de como seria, e até mesmo nós do elenco estávamos ansiosos para ver como iria ficar o resultado. Fui um projeto tão legal de gravar, gravamos com tanto amor, só queríamos que o público pudesse sentir esse amor também. Então, depois do lançamento, vieram mais pessoas compartilhar o seu amor pela série, suas opiniões sobre o que estão achando e curtindo Tagem junto com a gente. Acho super legal essa interação.

Luan: Na internet tem de tudo, né? Estou recebendo muitos elogios pela cena que fiz na parte bíblica, onde Dalila mata meu personagem, no segundo episódio da primeira temporada. Essa interação nas redes sociais é bem nova pra mim.

Gabi: Fico muito feliz em saber que quem está acompanhando a sério está gostando do meu trabalho, uma preocupação minha definitivamente era a reação do público já que “Todas as Garotas em Mim” foi o meu primeiro trabalho como parte de um elenco principal e eu sou extremamente exigente comigo mesma e perfeccionista. Uma das coisas que mais me surpreendeu positivamente foi a criação de fã clubes em meu nome. Uma das fãs é extremamente dedicada e nós estamos criando até uma amizade.

Vocês dedicaram bastante tempo para estudar artes cênicas. Que conselho podem dar para quem quer começar?

Julia: Comece a prestar mais atenção nos próprios sentimentos e nos das pessoas ao seu redor, você vai ver que a arte imita a vida e que sem autoconhecimento é difícil construir um personagem.

Luan: Olha, trabalhar com o que gosta é um grande privilégio. No início queria fazer todos os testes que me aparecia, mas quando vi que não ia adiantar, parei, precisava estudar. Tenha cuidado com cursos que só querem dinheiro, saiba onde quer chegar e se uma de pessoas que te completem. Não desista do que não sai da sua cabeça nenhum dia. Lute pelo que você ama. Sangue nos olhos. Afirme quem você é para você é para o mundo.

Gabi: Comece a prestar mais atenção nos próprios sentimentos e nos das pessoas ao seu redor, você vai ver que a arte imita a vida e que sem autoconhecimento é difícil construir um personagem.

Essa é para a Gabi. Como é conciliar os estudos da faculdade com o trabalho como atriz?

Gabi: Tendo muita disciplina e organizando a rotina o máximo que conseguir.

Julia, você é fashionista por trás da telinhas quanto na história?

Julia: A Dara é uma material girl que ama moda, então eu fiquei mais antenada as tendências que estavam em alta também, o canal da famosa Stylist Kate Young no YouTube foi uma ótima referência e material de estudo sobre moda. Eu gosto muito da moda, eu acredito que é uma forma de expressão, de mostrar um pouco de quem eu sou. Também gosto de ver vídeos sobre o assunto, sobre as tendências novas, tenho até pastas no Pinterest. Na criação do personagem a moda se torna uma das minhas principais aliadas, para transmitir a personalidade do personagem. Na vida eu acabo sendo mais básica, apesar de gostar de me arrumar pra sair.

Combinação de Signos

Confira a combinação de signos para todos do zodíaco

Descubra quais signos combinam no amor, sexo, trabalho e amizade. Faça quantas combinações desejar e compartilhe!