Fale conosco

O que vc está procurando?

Busca

Entretenimento

Taylor Swift no Brasil: saiba como usar os hits da loirinha para aprender inglês

Transforme esse tempinho da The Eras Tour em um momento de aprendizagem!

Taylor Swift no Brasil: saiba como usar os hits da loirinha para aprender inglês
Taylor Swift no Brasil: saiba como usar os hits da loirinha para aprender inglês - Foto: Reprodução/Instagram/@taylorswift

É oficial: Taylor Swift está em terras paulistanas e nós, por aqui, já estamos decorando as letras para os shows da The Eras Tour. E, falando em letra, você já aprendeu alguma palavra estrangeira por conta de uma música que você gosta?

Por incrível que pareça, a música é uma ferramenta poderosa para aprender idiomas. Isso porque ela é tão cativante que cantamos as palavras de outro idioma antes mesmo de entendê-las ou sabermos o que elas significam.

Não importa qual o seu nível de fluência, se você gosta de uma música gringa, já é um passo para iniciar o seu aprendizado! Além disso, ela faz com que você se familiarize com expressões típicas, gírias e a cultura daquele artista. E não precisamos nem falar como isso é importante para soar como um local, né?

No caso da Taylor Swift, sabemos que ela arrasa no inglês, trazendo bons exemplos de gírias e coloquialismos que se pode aprender ao escutar suas músicas. Com ajuda do Duolingo, aqui estão cinco lições de inglês que você pode aprender com essa cantora incrível. E, claro, né, que você vai usar e abusar nos shows da turnê que estão passando pelo Brasil neste mês:

Ela usa muitas contrações

Na música ”Mastermind”, por exemplo, no verso: “Nothing was gonna stop me”, vemos o exemplo de uma contração. É uma forma abreviada de ”going to”. Ela é usada depois de alguma forma do verbo to be para mostrar uma ação em andamento. É muito comum ouvir gonna em conversas informais, mas não na linguagem escrita, e menos ainda quando queremos ser formais ou educados. Você pode usar gonna com outras formas do verbo to be e combinar com outros verbos, como I’m gonna sing all night (“Eu vou cantar a noite toda”) e They’re gonna be so mad (“Vão ficar tão bravos”). Mais uma adição ao seu vocabulário, não é?

As letras dela têm significados que vão além do óbvio

Já na música ”Vigilante Shit”, ela usa a expressão ”white collar” que é usada para falar sobre classes sociais, categorias de trabalho e especialmente tipos de crime: ela costuma ser usada em oposição ao blue collar. White collar se refere a trabalhos especializados, de classe média ou alta, e camadas sociais que tipicamente tinham que usar camisas sociais de botão com colarinho branco — diferentemente de trabalhos de blue collar, ou “colarinho azul”, que exigiam uniformes. White collar crimes são crimes que geralmente não são violentos: eles têm mais a ver com dinheiro e negócios, como fraude e desvio de verbas.

Ela ensina gírias populares

O hit ”Karma” usa uma das palavras mais famosas atualmente na internet: vibe! É uma palavra do inglês que pode ser um substantivo ou um verbo, e o seu significado evoluiu nos últimos anos, especialmente entre os mais jovens. Na letra desta música, é um verbo que significa “se dar bem” e que descreve a relação entre me and Karma. É como dizer “a minha relação com o karma é desse jeitinho!”.

Ela quebra regras gramaticais, mas com propósito

Também em ”Karma” e na mesma expressão (Me and Karma vibe like that) há um coloquialismo que não se aplica à língua inglesa formal escrita. O I é usado como sujeito das frases (I am here = “Eu estou aqui”, ou He and I are waiting = “Ele e eu estamos esperando”). Mas no inglês casual, usado em conversas, muitas vezes o me é mais usado que o I quando o sujeito tem duas partes. Se a Taylor quisesse usar o inglês formal, ela poderia ter escrito esse verso como Karma and I vibe like that, mas a forma mais natural em inglês, inclusive nos Estados Unidos, é trocar a ordem e usar me em vez de I.

As músicas mostram expressões do dia a dia

”Karma” é tão complexa que vira também um ótimo exemplo de outra expressão: ”straight” pode ser um adjetivo que significa “reto”, “liso” ou mesmo “heterossexual”, mas nessa letra ele é um advérbio que descreve o movimento. Significa ir direto para casa, sem parar em nenhum lugar no caminho. Você também pode combinar straight e go com outros lugares — por exemplo, go straight to school (“vá direto para a escola”) e go straight to your room (“vá direto para o seu quarto”).

Aprender as letras das suas músicas preferidas é um jeito ótimo de aumentar o seu vocabulário e os seus conhecimentos gramaticais em um idioma. Por isso, da próxima vez que você colocar um hit da Taylor Swift para tocar, saiba que também está praticando inglês!

Mais notícias para você

Beleza

Depois da moda clean girl, chegou a hora de mostrar seu lado mais rebelde

Comportamento

Confira nosso guia completo sobre emojis de reação do Facebook

Horóscopo

Bora descobrir o que o céu reserva para o seu signo, bebê!

Comportamento

Não deixe a ansiedade te consumir com o fim do ensino médio!